Tainá Mesmo

Figurinista, ex aluna da Casa de Artes Tiago de Pinho, atualmente concluinte do curso profissionalizante em artes cênicas na CAL (RJ) e se especializando em Cenografia e Visagismo

Eu lembro perfeitamente do dia que o Tiago me ligou falando: Baby, vamos voltar a fazer teatro?!
Eu tava correndo na academia, parei a corrida. Pensei.
Eu disse que sim, óbvio!
Confiava de olhos fechados no Tiago desde os 12 anos. Quando a gente estreou juntos no teatro.
Voltei e nem imaginava o quanto o teatro ia mudar a minha vida. Depois de algumas varias montagens do curso. Aeromoça, mãe do perolinha do oceano, Encaralhecida… E muito incentivo do Tiago e do Thifer que, além de me confiarem papéis maravilhosos, me confiaram visagismo e figurino inúmeras vezes.
Hoje eu não moro mais em Belém. Sou concluinte do curso profissionalizante da CAL – Casa das Artes de Laranjeiras, no Rio. E me especializando em cenografia e visagismo.
Eu só tenho a agradecer ao Studio, ao Tiago e ao Thifer que me deram espaço, uma casa cheia de arte e um futuro que talvez, sem eles, eu não tivesse traçado.
Hoje Belém, depois de um longo tempo, vê o teatro crescer e floreces. O Studio abriu essas portas. Cada dia mais arte, mais amor!
EVOÉ

Eu lembro perfeitamente do dia que o Tiago me ligou falando: Baby, vamos voltar a fazer teatro?!
Eu tava correndo na academia, parei a corrida. Pensei.
Eu disse que sim, óbvio!
Confiava de olhos fechados no Tiago desde os 12 anos. Quando a gente estreou juntos no teatro.
Voltei e nem imaginava o quanto o teatro ia mudar a minha vida. Depois de algumas varias montagens do curso. Aeromoça, mãe do perolinha do oceano, Encaralhecida… E muito incentivo do Tiago e do Thifer que, além de me confiarem papéis maravilhosos, me confiaram visagismo e figurino inúmeras vezes.
Hoje eu não moro mais em Belém. Sou concluinte do curso profissionalizante da CAL – Casa das Artes de Laranjeiras, no Rio. E me especializando em cenografia e visagismo.
Eu só tenho a agradecer ao Studio, ao Tiago e ao Thifer que me deram espaço, uma casa cheia de arte e um futuro que talvez, sem eles, eu não tivesse traçado.
Hoje Belém, depois de um longo tempo, vê o teatro crescer e floreces. O Studio abriu essas portas. Cada dia mais arte, mais amor!
EVOÉ